I am Pablo and this is my story…

EN

“I try to help these kids to develop tools against the marketing and social media world. I am an artist and a teacher, I give art classes to teenagers, art applied to any field of work. I try to show them that art and creativity exist in every corner, every space in our lives. I try to open their eyes to be aware of the present moment and to create barriers towards this hectic social media world, where most of the things are superficial and shallow. Social media creates a dependency thus a reward which we don´t know the end of it. There are already detox programmes for social media addicts… It’s a battle, sometimes I win sometimes I lose, but any moment of awareness I gain from them, it taste like victory. As Plato said, “We can easily forgive a child who is afraid of the dark; the real tragedy of life is when men are afraid of the light.”, I want to help these kids to go after the light, question and explore it freely.
But what I really love to do, my passion, is painting…unfortunately lately I haven’t been able to focus as much as I would like to. I want to go back to the years when I was doing live performances with jazz music and dancing. We used to provide beautiful concerts with music, live painting and a dancer interacting with the music and the painting, beautiful moments I lived there, a moment where creativity was leading the way. I want to go back to that place in my mind.”

What about LOVE…

“Love is…..uhhhh la la…. Love is the feeling we all seek. Love is finding complicity…is feeling that your soul is full and alive. It is sensuality and passion…it is being capable of loving when sensuality and passion lose power. This applies to any kind of love in different levels of course. Love is also the capacity of letting go and accept that sometimes it doesn´t last forever, letting go is a way of loving. In the end it is simple the antidote to what we all are afraid of…Loneliness.”

Pablo – Pico, Portugal – August 2018

PT

“Eu tento ajudar os miúdos a desenvolver ferramentas contra este mundo do marketing r das redes sociais. Sou um artista e um professor, dou aulas a adolescentes. Arte aplicada a qualquer área de trabalho. Tento mostrar-lhes que a arte e a criatividade existe em todas as esquinas, todos os lugares da nossa vida. Tento abrir-lhes os olhos para conscientes do momento presente e para criar barreiras contra o caos que vivemos com as redes sociais. Um mundo onde a maior parte das coisas são superficiais e fúteis. As redes sociais criam dependência, ou seja e um sentimento de recompensa do qual nós desconhecemos o fim. Já existem programas de desintoxicação de adictos a redes sociais… É uma guerra onde por vezes venço e por vezes perco. Mas qualquer momento de consciencialização que eu ganho por parte dos meus alunos, sabe a vitória. Como disse Platão,”Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz.” Quero ajudar estes miúdos a perseguir a luz, questiona-la e explora-la livremente. Mas o que eu amo mesmo fazer , a minha paixão é pintar…infelizmente não tenho tido a oportunidade de me focar na pintura tanto quanto gostaria. Quero voltar aos anos em que fazia performances ao vivo com música jazz e uma bailarina a interagir com a música e a pintura. Vivi momentos muito bonitos, momentos onde a criatividade ditava o caminho. Quero voltar a esse sítio na minha cabeça.”

E o AMOR…

“Amor é…uhhh la la… Amor é o sentimento que todos procuramos. Amor é a procura de cumplicidade…é sentir que o nosso espírito está completo e vivo. É sensualidade e paixão…é ser capaz de amar quando a sensualidade e a paixão perdem poder. Isto aplica-se a todo tipo de amor. Amor é também a capacidade de deixar e aceitar que por vezes não dura para sempre. Deixar ir é uma forma de amar. No final é simples, amor é o antídoto ao sentimento que todos temos medo de sentir…solidão.”

Pablo – S.Jorge, Portugal – Agosto 2018

Share this post with your friends

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Subscribe to my Newsletter so You Can Read More Uplifting Stories as They Come Out

Scroll to Top
Cookie Notice

This page uses cookies to personalize and enhance your user experience. By clicking “ACCEPT” or closing this popup you consent to their use.